Translate

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Praça Fraternidade - Florianópoilis


A base do monumento é formada por um piso em granito com forma de pentágono com três níveis representados por três degraus. Um dos vértices do pentágono aponta para o Norte enquanto a face oposta está votada para o Sul e assim sendo o vértice do lado direito aponta para o Oriente (Leste) e o vértice oposto para o Ocidente (Oeste).

O pentágono está inserido em um triangulo equilátero com um vértice também apontando para o Norte, os outros dois vértices apontam para o Oriente e para o Ocidente, enquanto a base oposta ao vértice Norte está voltada para o Sul.

Obteve-se um dos símbolos tradicional da Maçonaria, ou seja, o entrelaçamento entre o Compasso e o Esquadro partindo-se de uma Pirâmide de base triangular onde os seus três vértices foram substituídos pelas  “pernas” de um Compasso tornando-se assim tridimensional. 

Da mesma forma o Esquadro foi inserido no conjunto de modo que de qualquer posição que se observe o conjunto teremos sempre a composição clássica do entrelaçamento entre um Compasso e um Esquadro nos três Graus Simbólicos da Maçonaria Universal.

A altura do Compasso foi determinada em razão da abertura das pernas do compasso com base no comprimento de um dos lados de um pentágono, da mesma forma o centro do “olho que tudo vê” encontra-se no vértice do pentágono referido.

No centro do Monumento uma pirâmide de base triangular em granito polido possui as linhas das bases paralelas ao plano formado pelas “pernas” do Compasso e quando visualizada em conjunto com Compasso e o Esquadro é vista como um Triângulo Equilátero como na trilogia: Liberdade, Igualdade e Fraternidade.

O Compasso é encimado por três semi-arcos, formando um globo em cujo interior outras três semi-elipses diametralmente opostas abrigam no centro uma esfera, em seu conjunto representam o “olho que tudo vê”, outro símbolo da Maçonaria.

O Monumento à Maçonaria implantado na Praça da Fraternidade, na confluência da Av. Paulo Fontes com Deputado João Bertoli em Florianópolis, SC teve como princípio a representação dos principais símbolos da Maçonaria foi inaugurada dia 04 de setembro de 2006.
 Pela redondeza temos outros símbolos maçônicos como poderão notas nas fotos acima.

Florianópolis, setembro de 2006 da E\V\
Autor do projeto do Monumento
Irmão Edson Francisco Mendonça da ARBLS “Jerônimo Coelho n° 13”  - GOSC
 


Imagens e Textos da internet de diversos sites

Nenhum comentário:

Postar um comentário