Translate

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

A MAÇONARIA E OS RÓTULOS ANTIGOS DE CIGARROS


O Museu Rocco Felippe da Loja Maçônica Fraternidade Nº 3, do oriente de Pelotas, no Estado do Rio Grande do Sul, através do seu curador, o Irmão Márcio Carvalho, apresentou um excelente trabalho de pesquisa sobre antigos rótulos de cigarros e a maçonaria.

Acredita-se que as primeiras lavouras de tabaco cultivadas pelos colonos no Brasil surgiram da necessidade de garantir o consumo próprio. Logo, porém, muitos apareceram dispostos a comprar o excedente da produção.  

Assim surgiram as pequenas indústrias do cigarro, que prosperaram em várias localidades do Brasil no século XVII.   Em Pelotas além da manufatura de cigarros existia um grande comércio de fumo.

                                                         

A Fundação Joaquim Nabuco de Recife-Pernambuco, dentre seus acervos possui a coleção Brito Alves, coleção composta de 1.252 rótulos de cigarros na técnica litográfica. 

Foi iniciada pelo comerciante Vicente de Brito Alves e continuada pelo seu filho, o advogado pernambucano José de Brito Alves.

Em 1964 a coleção foi doada pela família ao então Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais. Constitui-se em um raro e valioso patrimônio cultural e artístico, registrando fatos históricos, usos, costumes e aspectos da vida cultural da sociedade brasileira e particularmente da pernambucana, no final do século XIX até as primeiras décadas do século XX. 

Em meados de 2007 Fundação Joaquim Nabuco ampliou esse valioso acervo documental, adquirindo uma nova coleção de rótulos de cigarros ao colecionador Jarbas Bezerra Wanderley. 



São aproximadamente trezentos rótulos que também registram fatos históricos, usos, costumes e aspectos da sociedade brasileira na primeira metade do século 20.


Além de temas maçônicos a Coleção Brito Alves se caracteriza por outros temas como rótulos republicanos, sociedade, democrático, Jesuítas e Espanhóis etc. 


Apresentamos aqui uma pequena parte deste lindo trabalho realizado por este museu, através do seu curador e aproveitamos para parabenizar a Loja Fraternidade nº 3 pelo seu espetacular museu.

Visitem o site da Fundação Joaquim Nabuco, assim como, da Loja Fraternidade nº 3, nos links, www.fundaj.gov.br e www.fraternidade.org.br/museu/menu_pecas7.php ou ainda, diretamente na página do Facebook do museu  em https://www.facebook.com/museu.roccofelippe/

Imagens e texto compilados da peça de arquitetura citada a seguir:


domingo, 13 de janeiro de 2019

OS IRMÃOS FERNANDO KAPPEL E ERNESTO LECEY APOIAM E PARTICIPAM DAS ENTIDADES PARAMAÇÔNICAS


Os Irmãos Fernando Kappel e Ernesto Lecey na suas propostas ao Grão Mestrado do G.'.O.'.B.'. no Rio Grande do Sul, apoiam e participam das entidades paramaçônicas. 


Quando nos referimos, que nas nossas propostas, ao Grão Mestrado do G.'.O.'.B.'. - Rio Grande do Sul, salientamos que no item 28, consta o incentivo e a participação, para todas as entidades paramaçônicas existentes, podemos ir mais além nesta questão, pois a muito tempo, participamos e apoiamos as mesmas.


Nosso Irmão Fernando Kappel, teve seu neto Zaca Kappel, iniciado na ordem Demolay,  bem como nosso Irmão Ernesto Lecey,  que sempre procurou incentivar a ordem, tendo o seu filho Eduardo Lecey, atuado como Oficial Executivo da Região Metropolitana no SCODB-RS.

O nosso Irmão Fernando Kappel, é nobre do Shriners Clube Templo Hikmat, clube que também conta com a presença e apoio dos Irmãos Lecey.


Nosso Irmão Ernesto Lecey é membro ativo do Capitulo Luz do Poente 27, na cidade de Porto Alegre,  da Ordem da Estrela do Oriente, aonde outros membros de sua família também foram iniciados.


Nossos Irmãos Fernando Kappel e Ernesto Lecey, sempre procuraram prestigiar nossas sobrinhas, que participam da ordem das Filhas de Jó, sendo que neste ano de 2019 as netas de ambos Irmãos, estarão sendo iniciadas nesta Ordem Internacional.


Os Irmãos Fernando Kappel e Ernesto Lecey, são membros da Confraria Guardiões da Arca, entidade paramaçônicas responsável pela filantropia da Loja Guardiões da Arca nº 4348, atividades que envolve as cunhadas e os Irmãos desta Loja.

A qual só nestes últimos 12 meses, doou mais de sete toneladas de alimentos para o Amparo Santa Cruz, através de suas atividades de coletas de alimentos, diretamente nos supermercados e pelo seus eventos para arrecadação de valores em prol da filantropia. 

O nosso Irmão Ernesto Lecey, é um apoiador do Moto Clube Bodes do Asfalto, o seu filho Evandro Lecey, é um dos pioneiros em Santa Catarina no moto clube e posteriormente foi ser um dos fundadores do Clube no Mato Grosso do Sul.


Já o nosso Irmão Fernando Kappel, foi membro da Patrulha Búfalo da tropa Tupinambá na cidade de Erechim, e em nossa Loja o Irmão Ernesto Lecey, alem de ter o seu neto como escoteiro, foi um dos principais incentivadores para que fosse realizada uma sessão magna pública em homenagem ao Dia do Escoteiros.

 

O Irmão Ernesto Lecey é iniciado na Loja União Brasileira nº 2085, e desde lá, mantém  o  contato com os sobrinhos e sobrinhas do Núcleo APJ Cruzeiro do Sul. 


Em Santa Catarina o nosso Irmão Ernesto Lecey,   também iniciou o seu apoio junto a  Fraternidade Feminina (Rosa de Saron, na época), através da cunhada Eva Lecey e  reafirma o seu compromisso com a FRAFEM no Rio Grande do Sul.


Quanto a ordem internacional das Garotas do Arco Iris,  iniciamos os primeiros contatos, pois são uma realidade cruzando o rio Mampituba e é lógico que a chapa 3, estará apoiando a chegada no Estado de mais uma Ordem Paramaçônica.

Os Irmãos Kappel e Lecey, ratificam  o seu compromisso em prol das paramaçônicas, no dia 16/03/19 meus irmãos, VOTEM  CHAPA 3 e vamos  trabalhar lado a lado, pois É TEMPO DE HARMONIZAR E RENOVAR .


 Imagens de Eduardo e Evandro Lecey

Texto de Eduardo Lecey

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

SHRINERS CLUBE TEMPLO HIKMAT INICIAÇÃO HISTÓRICA NO GOB.

No dia 09.01.19 desembarcaram no Aeroporto Internacional de Brasilia a comitiva do  Templo HIKMAT Shriners.
Os  nobres irmãos participaram de visita a sede do Grande Oriente do Brasil, acompanhados dos irmãos ArquiARIano e Evandro Lecey.
Posterior a visita e almoço os nobres irmãos participaram da reunião histórica  envolvendo GOB, CMSB e COMAB,  ao final foi realizado a fotografia para marcar esta data.
No dia 10.01.19  aconteceu no Grande Oriente do Brasil, no templo Igualdade a sessão de iniciação do Sapientíssimo irmão ArquiARIano Bites Leão, no Shriners Clube.
O Templo Hikmat, foi composto pelo Potentado Ir. Antonio Kato e os Nobres Mauro Rogério Santos, Jonair Ananais Miranda ,Antônio Carlucio Jarbas Leite Fernandes , de Mato Grosso, Marcos Hans , Evandro Lecey do Rio Grande do Sul e Armando Correia Junior de Manaus e do Templo Amal de São Paulo, seu Potentado Nobre Alexandre Barros. 
A Caravana que atravessou as areias quentes do deserto, se juntou a Grande Caravana do Bem para ajudar está grande obra filantrópica dos Shriners, dos Maçons.  
As cunhadas da Ordem da Estrela do Oriente, Capitulo Planalto Central 29, prestigiaram a iniciação do irmão Ari.
Ao término da sessão os  nobres irmãos Evandro Lecey (padrinho do irmão Ari no Shriners Clube) e o  nobre irmão Armando Correia, procederam a entrega e investidura do FEZ do irmão Ari.
O Nobre irmão Armando Correia, falou aos presentes da sua alegria em estar participando desta importante sessão a convite do irmão Lecey e que esta data marca uma nova era para a maçonaria brasileira.
O Nobre irmão Evandro Lecey, agradeceu ao irmão ArquiARIano, por ter aceito o convite em ingressar no Shriners Clube, bem como ao irmão Armando e cunhada Ana Luíza por terem se deslocado do Norte do Brasil para nos auxiliarem, destacou a importância do Shriners Clube e da Ordem da Estrela do Oriente, que unidos podemos fazer muito mais pela família maçônica.
O nobre irmão ArquiARIano Bites Leão, no uso da palavra, destacou os ensinamentos recebidos nesta manhã onde teve o prazer de ser iniciado no Shriners clube e da possibilidade em podermos ajudar as crianças, bem como de ser iniciado na Estrela do Oriente, a qual venho a complementar uma paramaçônica com a outra, a família congregada e em ação. 
Pertencer aos Shriners International permite  ajudar no tratamento de crianças  das mais diversas parte do mundo, de saber que as pesquisas que os médicos dos Hospitais fazem são disponibilizados para toda comunidade médica no mundo e ser um Shriner no Brasil oportuniza participar desta organização aqui em nosso país, conhecer pessoas talentosas, caridosas e como consequência primeira, ajudar crianças brasileiras.
Se você quer fazer algo em prol do seu semelhante , uma maneira organizada , os Shriners podem ser este caminho. Uma organização tradicional, séria , considerada pela ONU a maior filantropia do mundo. Participe desta ideia é junte-se a nós para percorrer as áreas quentes do deserto. 
Importante destacar que estavam presentes na iniciação o Templo AMAL (São Paulo) e o representante do ALMAS, desta forma sendo uma iniciação bem diferenciada com três templos representados. Ao término da reunião foi feito o registro fotográfico histórico com a integração Shriners e Estrela do Oriente.
SHRINERS É A MAÇONARIA EM AÇÃO . 

O que fazemos apenas para nós morre conosco, o que fazemos para os outros e para o mundo  permanece e é imortal. (Albert Pike).
              Tudo é uma questão de atitude
Texto Evandro Lecey e Marcos Hans
Imagens Evandro Lecey, Amando Correia, Marcos Hans, Guizelia e Anna Esther.