Translate

sábado, 19 de janeiro de 2019

TER TEMPO É ESSENCIAL PARA ADMINISTRAR O NOSSO GOBRS


Os nossos Irmãos Fernando Kappel e Ernesto Lecey, estão percorrendo o Rio Grande do Sul com a sua campanha, com tranquilidade no que se refere ao tempo,  pois ambos,  já prestaram os seus préstimos profissionais, durantes inúmeros anos a sociedade e já estão aposentados,  constituíram família, criaram os seus filhos, netos e  gozando de ótima saúde, para dedicarem muito do seu  tempo, ao Grão Mestrado Estadual.
         
 

Recentemente tivemos a eleição do Grão Mestrado Geral, onde foi eleito o nosso Irmão Múcio Bonifácio, que assim como os candidatos da Chapa 3 no Rio Grande do Sul, já passaram pelas diversas etapas da vida e já esta aposentado e com dedicação exclusiva ao GOB.


Os Irmãos Kappel e Lecey, colocaram o seus nomes para os cargos de Grão Mestre Estadual e Grão Mestre Estadual Adjunto, pois possuem tempo o necessário, para se dedicarem exclusivamente ao GOBRS.

 Os candidatos, não possuem fatores limitantes em suas agendas, principalmente no que tange ao tempo, para se deslocarem pelo interior do Rio Grande do Sul e cumprirem com a sua agenda de atividades, junto aos nossos Irmãos, Lojas, podendo com isto participarem das datas magnas.

No dia 16.03 meus Irmãos, vamos depositar a confiança em Kappel e Lecey da Chapa 3 ao Grão Mestrado do G.’.O.’.B.’.R.’.S.’., pois  é Tempo de Harmonizar e Renovar.


sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

IRMÃOS MITTERRAND, UNIDOS PELA FRANÇA E PELA MAÇONARIA

MITTERRAND FRERES, UNIS PAR LA FRANCE ET PAR LA MAÇONNERIE...

Os Irmãos François Maurice Adrien Marie Mitterrand e Jacques Marie Édouard Jean Mitterrand, participaram ativamente da historia Francesa do século XX. O primeiro por ocupar por longa data, o cargo de Presidente da França, foi Secretário de Estado, Ministro, Senador e Conselheiro Geral entre outros cargos em sua vasta carreira politica.


François Mitterrand, serviu no exército Francês como sargento, foi ferido e capturado pelos Alemães, conseguiu fugir na sua terceira tentativa e em 1943 assumiu o nome de François Morland, enquanto atuava na Resistência Francesa, para libertação da França.

Depois do término da 2ª Guerra Mundial, entrou para a política e teve uma rápida ascensão e no ano de 1981, foi eleito presidente da França.  Pela primeira vez, ocupou o cargo entre os anos de 1981 e 1988 e pela segunda vez, entre os anos de 1988 e 1995, sendo ele, o político que ocupou por mais tempo este cargo na história da França.


Em seu governo, a Franco-Maçonaria, esteve muito atuante, forte e unida, pois 12 dos seus ministros, eram maçons assumidos publicamente, sendo que pela primeira vez na história deste País, o Presidente da República, recebeu os Grãos Mestres das potências que lá existem em seu gabinete.


Já o nosso Irmão Jacques Mitterrand, também lutou na 2ª Guerra Mundial, só que na aeronáutica, fez escola superior, esteve lutando na África, na Itália e Alemanha. Fez toda uma carreira militar, inclusive sendo Presidente honorável das industrias aeroespaciais Francesas, e ao se aposentar era general da aeronáutica.

General da aeronáutica

Foi Grão Mestre do Grande Oriente de França, por muitos anos durante a década de 60, inclusive esteve no Brasil, visitando o nosso Grande Oriente do Brasil, como podemos notar nesta observação citada abaixo. Sempre liderando, não só a sua potência, mas apoiando a maçonaria Francesa em geral.


Existem mais de 20 potências na França, sendo que as 10 maiores estaremos citando a seguir, tendo como base o ano de 2014.

1. Grande Oriente de França  (GODF): 50.000 membros.
2. Grande Loja da França  (GLDF): 33.000 membros.
3. Grande Loja Nacional Francesa  (GLNF): 25.500 membros.
4. Federação Francesa dos Direitos Humanos  (FFDH): 17.000 membros.
5. Grande Loja da Aliança Maçônica Francesa  (GLAMF): 14.700 membros.
6. Grande Loja Feminina da França  (GLFF): 14.000 membros.
7. Grande loja mista da França  (GLMF): 4.900 membros.
8. Ópera Simbólica da Grande Loja  (GLTSO): 4.700 membros.
9. Grande Loja Europeia da Irmandade Universal  (GLEFU): 2.400 membros.
10. Grande Loja Mista Universal  (GLMU): 1.400 membros.

A maçonaria na França é composta de aproximadamente de 175.000 obreiros.



Os Irmãos Mitterrand, são um exemplo de cidadães que trabalharam em prol de seu País, da maçonaria Francesa e universal.


Imagens pesquisadas no Google em diversos sites, texto de Eduardo Lecey.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

ABERTURA DO ANO MAÇÔNICO COM OS IRMÃOS KAPPEL & LECEY

O Venerável Mestre Irmão Iran Jorge e os Obreiros da A.'.R.'.L.'.S.'. Campos Elísios nº 3977, tem a honra de convidar os irmãos para a sessão abertura do ano maçônico de 2019 com os Irmãos Fernando Kappel e Ernesto Lecey.


A sessão será no próximo dia 25 de janeiro, na Rua Cuiabá nº 291, no Templo Atlântida, no oriente de Porto Alegre. Nesta data os candidatos ao Grão Mestrado do Grande Oriente do Brasil - Rio Grande do Sul, estarão repassando as últimas informações sobre a campanha Grão Mestrado.

Sessão da Loja Athenea nº 172 em 11/01/2019 nas Ilhas canárias, Espanha

É chegado o momento de recomeçarmos as nossas atividades ritualísticas, sempre com aquele entusiasmo e alegria, que  é marca registrada da campanha dos Irmãos Kappel & Lecey, a qual já se expandiu para diversas Lojas e Irmãos, pois a maçonaria deve ser praticada entre Irmãos, que estejam felizes e satisfeitos por estarem praticando maçonaria.

Imagens de Eduardo Lecey, Marcelo Costa e captada no Facebook.

Texto de Eduardo Lecey.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

A MAÇONARIA E OS RÓTULOS ANTIGOS DE CIGARROS


O Museu Rocco Felippe da Loja Maçônica Fraternidade Nº 3, do oriente de Pelotas, no Estado do Rio Grande do Sul, através do seu curador, o Irmão Márcio Carvalho, apresentou um excelente trabalho de pesquisa sobre antigos rótulos de cigarros e a maçonaria.

Acredita-se que as primeiras lavouras de tabaco cultivadas pelos colonos no Brasil surgiram da necessidade de garantir o consumo próprio. Logo, porém, muitos apareceram dispostos a comprar o excedente da produção.  

Assim surgiram as pequenas indústrias do cigarro, que prosperaram em várias localidades do Brasil no século XVII.   Em Pelotas além da manufatura de cigarros existia um grande comércio de fumo.

                                                         

A Fundação Joaquim Nabuco de Recife-Pernambuco, dentre seus acervos possui a coleção Brito Alves, coleção composta de 1.252 rótulos de cigarros na técnica litográfica. 

Foi iniciada pelo comerciante Vicente de Brito Alves e continuada pelo seu filho, o advogado pernambucano José de Brito Alves.

Em 1964 a coleção foi doada pela família ao então Instituto Joaquim Nabuco de Pesquisas Sociais. Constitui-se em um raro e valioso patrimônio cultural e artístico, registrando fatos históricos, usos, costumes e aspectos da vida cultural da sociedade brasileira e particularmente da pernambucana, no final do século XIX até as primeiras décadas do século XX. 

Em meados de 2007 Fundação Joaquim Nabuco ampliou esse valioso acervo documental, adquirindo uma nova coleção de rótulos de cigarros ao colecionador Jarbas Bezerra Wanderley. 



São aproximadamente trezentos rótulos que também registram fatos históricos, usos, costumes e aspectos da sociedade brasileira na primeira metade do século 20.


Além de temas maçônicos a Coleção Brito Alves se caracteriza por outros temas como rótulos republicanos, sociedade, democrático, Jesuítas e Espanhóis etc. 


Apresentamos aqui uma pequena parte deste lindo trabalho realizado por este museu, através do seu curador e aproveitamos para parabenizar a Loja Fraternidade nº 3 pelo seu espetacular museu.

Visitem o site da Fundação Joaquim Nabuco, assim como, da Loja Fraternidade nº 3, nos links, www.fundaj.gov.br e www.fraternidade.org.br/museu/menu_pecas7.php ou ainda, diretamente na página do Facebook do museu  em https://www.facebook.com/museu.roccofelippe/

Imagens e texto compilados da peça de arquitetura citada a seguir:


domingo, 13 de janeiro de 2019

OS IRMÃOS FERNANDO KAPPEL E ERNESTO LECEY APOIAM E PARTICIPAM DAS ENTIDADES PARAMAÇÔNICAS


Os Irmãos Fernando Kappel e Ernesto Lecey na suas propostas ao Grão Mestrado do G.'.O.'.B.'. no Rio Grande do Sul, apoiam e participam das entidades paramaçônicas. 


Quando nos referimos, que nas nossas propostas, ao Grão Mestrado do G.'.O.'.B.'. - Rio Grande do Sul, salientamos que no item 28, consta o incentivo e a participação, para todas as entidades paramaçônicas existentes, podemos ir mais além nesta questão, pois a muito tempo, participamos e apoiamos as mesmas.


Nosso Irmão Fernando Kappel, teve seu neto Zaca Kappel, iniciado na ordem Demolay,  bem como nosso Irmão Ernesto Lecey,  que sempre procurou incentivar a ordem, tendo o seu filho Eduardo Lecey, atuado como Oficial Executivo da Região Metropolitana no SCODB-RS.

O nosso Irmão Fernando Kappel, é nobre do Shriners Clube Templo Hikmat, clube que também conta com a presença e apoio dos Irmãos Lecey.


Nosso Irmão Ernesto Lecey é membro ativo do Capitulo Luz do Poente 27, na cidade de Porto Alegre,  da Ordem da Estrela do Oriente, aonde outros membros de sua família também foram iniciados.


Nossos Irmãos Fernando Kappel e Ernesto Lecey, sempre procuraram prestigiar nossas sobrinhas, que participam da ordem das Filhas de Jó, sendo que neste ano de 2019 as netas de ambos Irmãos, estarão sendo iniciadas nesta Ordem Internacional.


Os Irmãos Fernando Kappel e Ernesto Lecey, são membros da Confraria Guardiões da Arca, entidade paramaçônicas responsável pela filantropia da Loja Guardiões da Arca nº 4348, atividades que envolve as cunhadas e os Irmãos desta Loja.

A qual só nestes últimos 12 meses, doou mais de sete toneladas de alimentos para o Amparo Santa Cruz, através de suas atividades de coletas de alimentos, diretamente nos supermercados e pelo seus eventos para arrecadação de valores em prol da filantropia. 

O nosso Irmão Ernesto Lecey, é um apoiador do Moto Clube Bodes do Asfalto, o seu filho Evandro Lecey, é um dos pioneiros em Santa Catarina no moto clube e posteriormente foi ser um dos fundadores do Clube no Mato Grosso do Sul.


Já o nosso Irmão Fernando Kappel, foi membro da Patrulha Búfalo da tropa Tupinambá na cidade de Erechim, e em nossa Loja o Irmão Ernesto Lecey, alem de ter o seu neto como escoteiro, foi um dos principais incentivadores para que fosse realizada uma sessão magna pública em homenagem ao Dia do Escoteiros.

 

O Irmão Ernesto Lecey é iniciado na Loja União Brasileira nº 2085, e desde lá, mantém  o  contato com os sobrinhos e sobrinhas do Núcleo APJ Cruzeiro do Sul. 


Em Santa Catarina o nosso Irmão Ernesto Lecey,   também iniciou o seu apoio junto a  Fraternidade Feminina (Rosa de Saron, na época), através da cunhada Eva Lecey e  reafirma o seu compromisso com a FRAFEM no Rio Grande do Sul.


Quanto a ordem internacional das Garotas do Arco Iris,  iniciamos os primeiros contatos, pois são uma realidade cruzando o rio Mampituba e é lógico que a chapa 3, estará apoiando a chegada no Estado de mais uma Ordem Paramaçônica.

Os Irmãos Kappel e Lecey, ratificam  o seu compromisso em prol das paramaçônicas, no dia 16/03/19 meus irmãos, VOTEM  CHAPA 3 e vamos  trabalhar lado a lado, pois É TEMPO DE HARMONIZAR E RENOVAR .


 Imagens de Eduardo e Evandro Lecey

Texto de Eduardo Lecey